SOLTA A MANDINGA – Apelidos (2 de 2)

Oitava edição, Outubro 2013:

APELIDOS (2 de 2)

Trabalho de Picolé

Flor:
Ainda tenho a folha amarela e envelhecida na qual Pelé escreveu FLOR ao lado de um desenho de uma florzinha estilizada feita por ele e com a sua assinatura por baixo: Pelé com o P em forma de berimbau invertido…perguntei o porque ao Pelé e ele me respondeu que não è pelo meu nome, mas porque naquele momento na Parini enquanto estava fazendo exercícios lhe lembrei de uma flor.
Chavinha:
porque quando comecei a capoeira ia na academia de bicicleta e como não tinha bolsos nas calças de capoeira levava o cadeado no pescoço. Daí pequena chave, chavinha…
Esparguete:
Me deu todo o grupo. Pedigree dizia:”quero um nome que lembre a Itália”, saltaram fora vários mas o grupo francês escolheu esse.
Mr Barba:
porque nunca tenho vontade de fazer barba..
Sapironga:
Me deu Mestre Sorriso, ele me disse que é um espírito da floresta, não sei de qual conto..
Coragem:
porque encorajava sempre os companheiros no treinamento
Linguinha:
me deu mestre Paulinho, actualmente no grupo Guaiamuns pelo meu vício de pôr a língua de fora quando me esforço, algo que é perigoso na roda de capoeira, e me foi dado para me lembrar de corrigir!! Em parte, o vício saiu mas o apelido ficou colado!
Pimenta:
porque no nordeste do Brasil e assim que chamam as crianças muito ativas e espertas.Era um apelido de família,e meu primeiro Mestre comecou a me chamar assim tb!
Ninja:
Nasce,claramente, para me provocar.
Me deu “Diablo”, mas “Vinaio” logo adoptou. Os verdadeiros ninja são muito rápidos e, pelo menos nos desenhos animados japoneses, dao o golpe no adversário antes que este se mova. No meu caso, me acontece muito de acelerar demais na execução da sequência acabando fora do tempo, antecipadamente.
Mariazinha:
foi posto pelo CM Caracu. Na época eu usava uma camisa de uma empresa da minha terra que se chama Mariazinha e tinha esse nome escrito nas costas, fazendo publicidade ao espaço. Então, como Caracu não sabia o meu nome, ficou logo me chamando de Mariazinha e a partir daí ficou!
Pescado:
Há duas possibilidades:
1) Pescado pela capoeira (na verdade fui mesmo pescado em cheio!)
2) porque quando jogo tenho cara de peixe
Rainha:
Me deram no outro grupo, Porto da Barra, dizem que foi porque era a unica menina um pouco maior no meio de tantos homens.
Mentira:
Eu sou pequeninina, e entao “mentira” porque a mentira tem a perna curta.
Mestre Amendoim
Meu apelido Amendoim porque tem muita energia, amendoim é fonte de energia
Mestre Zumbi
Meu apelido se chama Zumbi porque meu primeiro professor falou que eu parecia um guerreiro na roda e ele me relacionou com Zumbi dos Pamares.
Lampião:
Era um cangaceiro, um brigador, como vinham chamados por nos. Era o marido de Maria Bonita, que è o apelido da minha mulher. Eles eram um casal imbativel e muito unido e foi por isso que o nosso mestre nos deu esse nome. Ele viu em nos tantas caracteristicas fisicas e comportamentos parecido com os deles.
Mestre Banana:
apelido banana porque treinava sem cueca e entao ficava muito aparente entao ficava com a banana balançando.
Mestre Marrom:
meu apelido sempre eu pensei que fosse porque tem um tom de pele marrom
mas um dia conversando com meu mestre e ele falou que eu ia sempre trenar com uma calça adidas marrom.
Corcunda:
Porque sou corcunda -.-
Copinho:
Me deu Pelé depois da festa de Natal: no fim da festa, là fora, quando estavamos acabando as ultimas cervejas que tinham sobrado, eu tinha um copinho que para nao deitar fora de cada vez, desperdiçando plastico inutilmente, metia no bolso do casaco.. pronto obviamente para ser re-utilizado no momento em que Pelè perguntasse quem queria cerveja!
Eddi:
Quando vivia em Cabo Verde, comecei a praticar capoeira com um amigo… ele deixou a capoeira e eu fiquei e jogava tanto Playstation e via os movimentos de Eddy e imitava..
Ele foi durante tanto tempo o meu tutor…
Picolè
Tenho esse apelido hà muito tempo.. tipo depois de um mes que eu fazia capoeira! Foi Andè de-mola do grupo Capoeira Brazil que me deu..ele era o meu instrutor de capoeira.. naquele tempo trabalhava numa gelataria e quando as pessoas me falavam ficava vermelha porquè era timida..entao me deu o apelido de picolè.
Meio Kilo
Pelé que me deu, porque sou pequena e magrinha.
Lua Cheia
3 explicações (+1 de bonus):
a) VERSÃO OFICIAL – Mestre Canhão dizia que sou de luas, lunática
b) VERSÃO “ROMÂNTICA” – Quando comecei a capoeira fazia também yoga. Mestre Canhão levou seu tempo para me dar um apelida (normalmente ele dá o apelido rápido, assim que te vê) porque pensava que eu não continuaria na capoeira. Um dia tinha aula de yoga imediatamente antes da capoeira, durante a meditação o nosso mestre de yoga pediu que nos concentrássemos só na imagem da lua, luminosa, cheia (nunca tinha acontecido, normalmente era o símbolo do zen ou outra coisa), deixando fora todos os outros pensamentos. Quando cheguei na aula de capoeira mestre Canhão disse “damos as boas-vindas à Lua Cheia” (coincidência ou eu que deixava transparecer algo?!?)
c) MINHA VERSÃO – quando comecei a capoeira era um pouco gordinha..
VERSÃO BONUS – Quando Mestre Zulu veio a Turi mele me disse “Lua Cheia… belo.. a lua cheia è aquela que è capaz de influenciar as outras pessoas (e também as marés, etc…)
Feinho
Tudo na boa Coisa de moleques um zoando o outro disseram q minha mãe dividia meu cabelo igual ao Zé bonitinho um personagem da tv Globo época da escolinha do prof Raimundo e disseram bonitinho nada ele é o Feinho… Isso eu devia ter uns 8 anos com dez entrei pra capoeira e por volta dos treze anos uma vizinha de infancia foi aprender capoeira e qdo chegou na academia e me viu. Disse Feinho! A partir daí meu nome pouco foi escutado, era só Feinho.
Qualhada
Entao…meu apelido na verdade se escreve Coalhada.Coalhada é um personagem do Chico Anisio, um comico brasileiro.Era um cara que segundo a historia era o “jogador de futebol que faltou a selecao brasileira na copa do mundo” penso quando Brasil perdeu contra a Argentina.Tinha um canelo encaracolado como o meu e muito feio.O Chao botou esse nome quando eu fui batizado na capoeira.
Depois com o tempo e porque muitas pessoas associavam o meu apelido a Coalhada que vem do leite caiado ou estragado eu mudei para Qualhada que nem existia essa maneira de escrever.Eu penso que fui o primeiro a escrever assim porque ate à 7 anos ninguem escrevia dessa forma.Pelo menos nao na Internet. Essa é a historia do meu apelido.
Cabeçudo
Motivo verdadeiro: Charlize Theron me chama assim na intimidade.
Motivo alternativo: conheci a capoeira num grupo amador. O “mestre” era italiano e escolheu esse nome para me chamar de “testardo” (teimoso), no sentido positivo, nao sabendo que em portugues quer dizer “cabeça grande”.
Trocado
porque no inicio trocava todos os movimentos que o Chao passava.. eu trocava a direita com a esquerda, sempre començava do lado errado, entao Trocado…
Anúncios
Esta entrada foi publicada em 8ª EDIÇÃO, OUT 2013. ligação permanente.

Uma resposta a SOLTA A MANDINGA – Apelidos (2 de 2)

  1. Gabriela diz:

    Recebi esse apelido porque sou gordinha e forte
    e o panda e gordinho e forte

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s